Desfile da Beleza Negra em Ilhéus é adiado devido às fortes chuvas

Por consequência das fortes chuvas que estão incidindo em Ilhéus, o desfile da Beleza Negra que estava programado para esta sexta-feira, dia 29, foi adiado para o próximo dia 6 de dezembro, na Rua Jorge Amado, Centro, a partir das 14 horas. Promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), para as crianças e adolescentes que integram o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) – os antigos programas de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e o Projovem Adolescente – o evento tem como principal objetivo ressaltar a beleza e resgatar a autoestima dos menores assistidos pelo órgão.

O desfile encerra as atividades do mês da Consciência Negra em Ilhéus. Em novembro, as unidades de atendimento do SCFV promoveram várias atividades de conscientização sobre a história, importância e realidade da população negra no país para os menores atendidos pelo serviço. Ilhéus conta atualmente com 21 espaços do Peti e 14 do Projovem.

Ciclos de Capoeira – Outra ação voltada para discutir aspectos referentes à valorização da cultura negra em Ilhéus, foi o Ciclo de Seminários Salve a Capoeira, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), do Centro de Culturas Populares e Identitárias do Governo do Estado da Bahia e do Instituto Internacional de Capoeira e Turismo. No último sábado, dia 23, mais de 160 atletas, estudiosos e mestres de capoeira de diversas cidades como Gandu, Aurelino Leal, Itajuípe e Itabuna reuniram-se no Centro de Convenções.

Durante o encontro, foram discutidos temas do encontro como a construção do Plano de Salvaguarda e a formação do Conselho Gestor de Capoeira na Bahia, além de questões ligadas ao mercado de trabalho, internacionalização da capoeira, atividades esportivas e de turismo. Após Ilhéus ainda serão realizados seminários em outros três municípios baianos: Salvador, no dia 15 de dezembro, Feira de Santana (12 de janeiro de 2014) e, por fim, em Vitória da Conquista (8 de fevereiro).

Na abertura do evento, o secretário de Cultura, Paulo Atto, ressaltou que a capoeira é um dos mais importantes elementos da identidade brasileira e destacou a necessidade destes encontros como “um espaço de consenso”, onde os interesses profissionais e coletivos devem ser discutidos. Do mesmo modo, a secretária de Educação , Marlúcia Rocha, pontuou que Ilhéus deve ter como atividade de educação física ou esportiva regular a capoeira e solicitou a cooperação dos profissionais presentes com a gestão municipal para que este objetivo seja alcançado.




Deixe seu comentário