Maramata faz campanha pró-defeso pedindo para deixar o caranguejo namorar em Ilhéus

Como início da agenda de ações de educação ambiental de 2013, a Universidade Livre do Mar e da Mata (Maramata) lançou em Ilhéus uma campanha de conscientização sobre o período de defeso do caranguejo, conhecido popularmente como “andada”. O órgão apela para o bom senso da população, com o tema “Você quer continuar a comer caranguejo? Então deixe-os namorar em paz! Não pegue caranguejos no período de andada”.

O presidente da Maramata, Frederico Andrade, explica que a ‘andada’ é o período reprodutivo em que os caranguejos saem das suas tocas e andam pelo manguezal, para acasalamento e liberação de ovos. “Matando-os neste período, você impede a geração de novos filhotes, que no futuro poderão servir de alimento na cidade de Ilhéus para toda a comunidade”, diz o cartaz que está sendo distribuído em toda a cidade, convidando a população a fiscalizar a pesca ilegal neste período.





Frederico Andrade ressalta que projeto de educação ambiental da Maramata visa a conscientização e sensibilização das ações que protegem o meio ambiente. “Esta campanha em defesa do caranguejo, leva em conta não só a perpetuação da espécie, mas também a subsistência das famílias ribeirinhas que vivem da pesca e comercialização do produto”, enfatiza.

Aparato Legal

A campanha é amparada pela Instrução Normativa Interministerial nº 01, de 09 de janeiro de 2013, dos ministérios da Pesca e Aquicultura e do Meio Ambiente, que proíbe a captura, transporte, beneficiamento e comercialização do caranguejo-uçá, nos dias de “andada”, na Bahia e outros estados do norte e nordeste, nos meses de janeiro a abril de 2013, correspondendo aos seguintes períodos: 12 a 17 de janeiro; 28 de janeiro a 02 de fevereiro; 11 a 16 de fevereiro; 26 de fevereiro a 03 de março; 12 a 17 de março e 28 de março a 02 de abril.

Fonte: Folha da Praia





Deixe seu comentário